São Gonçalo. RJ Cel: (21) 998203382 E-mail: sinagogabeitmiklat@gmail.com

במה מאמינים.... - No que Cremos ... ?

No que cremos?

A nossa base de fé está na Torát Moshé (lei de Moisés) e em todo o Tanách (antigo testamento) e também na Brít Chadasháh (chamado Novo Testamento), pois temos conosco firme o Testemunho de Yeshua como o Mashíach (Messias) prometido à Israel.

Assim cremos nos Treze princípios de Rambam (Maimônides) ...

              1.       Cremos com fé completa, que o Santo Bendito seja Ele existe e guia todos os seres.
2            2.    Que Ele é Um.
3            3.   Que Ele não tem corpo e nem forma de corpo algum.
4            4.   Que ele precede a tudo anteriormente criado.
5            5.   Que se deve adorar somente à Ele.
6            6.   Que Ele conhece a todos os pensamentos dos homens.
7            7.   Na profecia de Moisés nosso mestre que seja sobre ele a Paz e a Verdade.
8            8.   e que ele é senhor, maior de todos os profetas.
9            9.   Que a Toráh foi dada dos céus.
1           10.  Que ela não será mudada em tempo algum, D’us nos livre.
1           11.  Que o Santo Bendito seja Ele, punirá os ímpios e recompensará os justos.
1           12.  Que virá o Rei Messias (Yeshua).
1           13.  Que os mortos no futuro ressuscitarão.

*D’us

Para nós D’us é Um, único, invisível, incorpóreo e sem forma alguma.

D’us se mostra a humanidade como o Criador de todas as coisas, as visíveis e invisíveis, as materiais e as imateriais. Desta forma podemos caminhar nas linhas da Toráh e também do testemunho da natureza, da Criação, que nos mostram a presença desse Criador de tudo.   Como vemos..

Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis;”
(Igéret Ráv.Shaul (Pólos) hashalíach él Romiim. Pérek 1, passúk 20. ( Romanos 1:20)

Em primeiro lugar vemos D’us se mostrando como fonte de toda existência, pois dele emanou tudo, principalmente e primordialmente sua Palavra, que por meio dela tudo veio a existência. Ele cria, ele forma, ele faz todas as coisas e as presenteia com Vida. Como vemos... 

Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração.” 
    ( Maassei hashelichim. Pérek 17, passúk 28. (Atos 17:28)

Criando e formando tudo pela palavra de sua boca, D’us nos faz entender que tudo teve um princípio, até mesmo sua Palavra. Um ponto de partida em que cada coisa existente passou a existir. E sua Palavra em especial, a principal de tudo, Surge como meio pelo qual tudo veio a existir, embora D’us está, D’us é antes de Sua Palavra. Como vemos...

Pela fé entendemos que os mundos pela palavra de D’us foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente.”   (Igéret Ráv.Shaul (Pólos) hashalíach él haivriim. Pérek 11, passúk 3. ( Hebreus 11:3)

Pela palavra de Adonay foram feitos os céus, e todo o exército deles pelo espírito da sua boca.”
(Sefer Tehilim. Pérek 33, passúk 6. ( Salmos 33:6)

Eles voluntariamente ignoram isto, que pela palavra de D’us já desde a antiguidade existiram os céus, e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste.”
(Igéret bet Ráv.Keifa (Pedro) hashalíach. Pérek 3, passúk 5. ( 2 Pedro 3:5)

E outros...

Criando e formando os mundos em seis dias e no sétimo dia, o Shabat, ele cessa toda a sua obra. Ficando marcado em toda a Criação que há um Criador, que está acima de tudo e que tudo é dirigido por ele, e que não há nada que ele não tenha projetado e efetuado com perfeição.

*D’us está além de sua Criação...

Ele não tem corpo e nem forma.
Vemos tantas ideologias que retratam seus deuses das mais variadas formas e cores. Procurando trazer beleza e superioridade a sua fé, seus ensinos e expressão. Mas com o nosso D’us, Elohim o único D’us, é diferente. Elohim não tem corpo e nem forma alguma, porque ter corpo é estar limitado dentro de um espaço ou de uma idéia ou uma imagem. Ele não é limitado, pelo contrário, ele é o limitador, ele é quem deu limites a tudo criado. Portanto ele não pode ter um corpo e nem uma foma, pois ele idealizou e criou todos os corpos. Como Rambam declara em sua obra “Moré hanevuchim” – Guia dos perplexos ao tratar dos termos “Tsélem-imagem” e “Demút-semelhança”...

“A incorporeidade de D’us e a polivalência do termo imagem.
...quanto ao termo imagem (Tsélem), este se aplica à forma natural, ou seja, à essência constitutiva de uma coisa, o que ele é em si mesma, sua realidade enquanto ser. No homem trata-se do lugar de onde procede a capacidade de compreensão, e é afirmado sobre a causa desta compreensão: (...) à imagem de D’us o criou” (sefer bereshit. Pérek 1, passúk 27. (Genesis 1;27).        Assim, o que se quer dizer com: “Façamos o homem á nossa imagem” refere-se à forma específica, ou seja, à capacidade de compreensão mental, não ao contorno e aspecto. Fica então explicada a diferença existente entre “tsélem-imagem” de “tôar-aspécto”, bem como esclarecido o termo imagem.
No que se refere à semelhança (Demút), é um derivado de Damó (raiz do verbo assemelhar-se) e indica, assim, algo semelhante a determinada coisa. Dado ao homem é ímpar, pelo fato de ser muito diferente naquilo que falta entre os demais seres existentes sob a esfera lunar, a saber, sua capacidade de compreensão mental – para a qual não emprega nenhum sentido, nem parte do corpo, nem mão, nem pé – esta tem sentido comparada à capacidade de compreensão divina, que não depende de qualquer instrumento (mesmo que não exista semelhança de fato, porém, à primeira vista, só aparente). Diz-se do homem que é assim por causa da mente divina nele colocada, pois ele é a imagem de D’us e à sua semelhança – e não que D’us seja um corpo dotado de contorno.”
 (Moré hanevuchim “Guia dos perplexos”. Págs.54 e 55)

*D’us, Elohim Adonay é Um e único.

Conforme o Eterno D’us disse ao povo de Israel no Sinai... “Shemá Israel, Adonay Eloheinu, Adonay Echád.” – Ouve Israel, Adonay é o nosso D’us, Adonay é Um.

Aqui D’us, se revela com o seu nome costumeiramente invocado por seu povo, Adonay. Revela-se como o D’us que é Um. Aqui não é na concepção de único, Não!  Ele mostra ao mundo que não existe outro deus, não existe uma classificação em que ele possa ser único de sua espécie, único de sua qualidade ou único de seu tipo e poder. Não!
Ele mostra e revela que ele é um, não existe outra divindade, não existe outros seres divinos realmente.

Ele é Um! Hú Echád!

No que se refere agora ao que o mundo crê, entre a classificação que o mundo dá aos homens como seres divinos, seres espirituais como deuses de suas mitologias, a mitologia babilônica, a mitologia egípcia, a mitologia grega, a mitologia romana, a mitologia nórdica, a mitologia indígina, a mitologia indiana, a mitologia chinesa e outras... Sim, ele é o D’us dos deuses da concepção humana. No meio do caos idólatra, da escravidão espiritual das culturas, sim, Adonay é o D’us dos deuses e Senhor dos senhores. O Único digno de adoração, sacrifícios de louvor e agradecimento, o único digno de adoração. Como vemos..

Vós sois as minhas testemunhas, diz  Adonay, e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.”   (Sefer Yeshayáhu hanaví. Pérk 43, passúk 10. ( Isaías 43:10 )

“Lembrai-vos das coisas passadas desde a antiguidade; que eu sou D’us, e não há outro D’us, não há outro semelhante a mim.”   (Sefer Yeshayáhu hanaví. Pérek 46, passúk 9.  (Isaías 46:9)

“Para que se saiba desde o nascente do sol, e desde o poente, que fora de mim não há outro; eu sou Adonay, e não há outro.”   (Sefer Yeshayáhu hanaví. Pérek 45, passúk 6.  (Isaías 45:6)

“Olhai para mim, e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou D’us, e não há outro.” 
 (Sefer Yeshayáhu hanaví. Pérek 45, passúk 22.  (Isaías 45:22)

“Porque assim diz Adonay que tem criado os céus, o D’us que formou a terra, e a fez; ele a confirmou, não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou Adonay e não há outro.”
(Sefer Yeshayáhu hanaví. Pérek 45, passúk 18.  (Isaías 45:18) 

“Vede agora que eu, eu o sou, e mais nenhum deus há além de mim; eu mato, e eu faço viver; eu firo, e eu saro, e ninguém há que escape da minha mão.”
 (Sefer Devarim. Pérek 32, passúk 39.  (Deuteronômio 32:39)   

“Anunciai, e chegai-vos, e tomai conselho todos juntos; quem fez ouvir isto desde a antiguidade? Quem desde então o anunciou? Porventura não sou eu, o Adonay? Pois não há outro D’us senão eu; D’us justo e Salvador não há além de mim.”   (Sefer Yeshayáhu hanaví. Pérek 45, passúk 21.  (Isaías 45:21) 

“Não vos assombreis, nem temais; porventura desde então não vo-lo fiz ouvir, e não vo-lo anunciei? Porque vós sois as minhas testemunhas. Porventura há outro D’us fora de mim? Não, não há outra Rocha que eu conheça.”    (Sefer Yeshayáhu hanaví. Pérek 44, passúk 8.  (Isaías 44:8)

“Todavia, eu sou Adonay teu D’us desde a terra do Egito; portanto não reconhecerás outro deus além de mim, porque não há Salvador senão eu.”      (Sefer Hoshea hanaví. Pérek 13, passúk 4.  (Oséias 13:4)

“Eu sou Adonay, e não há outro; fora de mim não há D’us; eu te cingirei, ainda que tu não me conheças;”
(Sefer Yeshayáhu hanaví. Pérek 45, passúk 5.  (Isaías 45:5)

“Então Adonay vos falou do meio do fogo; a voz das palavras ouvistes; porém, além da voz, não vistes figura alguma.       (Sefer Devarim. Pérek 4, passúk 12.  (Deuteronômio 4:12


Testemunho da Brit Chadasháh sobre a Unidade de D’us...

“Todavia para nós há um só D’us, o Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Yeshua haMashíach, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele.”
(Igéret Álef  -  Ráv.Shaul (Pólos) hashalíach él Korintiim. Pérek 8, passúk 6. ( I Corintios. 8:6) 

“Porque há um só D’us, e um só Mediador entre D’us e os homens, Yeshua o Messias homem.”
(Igéret Álef  -  Ráv.Shaul (Pólos) hashalíach él Timotios. Pérek 2, passúk 5. ( I Timótio. 2:5) 

“Ora, o medianeiro não o é de um só, mas D’us é um.”
(Igéret Ráv.Shaul (Pólos) hashalíach él Galatiim. Pérek 3, passúk 20. ( Gálatas. 3:20) 

Um só D’us e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós.”
(Igéret Ráv.Shaul (Pólos) hashalíach él Efesiim. Pérek 4, passúk 6. ( Efésios. 4:6)

“Assim que, quanto ao comer das coisas sacrificadas aos ídolos, sabemos que o ídolo nada é no mundo, e que não há outro D’us, senão um só.”
 (Igéret Álef  -  Ráv.Shaul (Pólos) hashalíach él Korintiim. Pérek 8, passúk 4. ( I Corintios. 8:4) 

“Tu crês que há um só D’us; fazes bem. Também os demônios o crêem, e estremecem.”
(Igéret Ráv.Yaakóv  hashalíach. Pérek 2, passúk 19. ( Tiago. 2:19)  

“Visto que D’us é um só, que justifica pela fé a circuncisão, e por meio da fé a incircuncisão.”
(Igéret Ráv.Shaul (Pólos) hashalíach él Romiim. Pérek 3, passúk 30. ( Romanos. 3:30) 

 “E o escriba lhe disse: Muito bem, Mestre, e com verdade disseste que há um só D’us, e que não há outro além dele;”   (Habssoráh al pi Markos. Pérek 12, passúk 32. (Marcos 12:32)

“E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus.”
 (Habssoráh al pi Matityáhu. Pérek 23, passúk 9. (Mateus 23:9)

Definitivamente “Não há, não existe SANTÍSSIMA TRINDADE” esse é um conceito totalmente cristão paganizado.



Yeshua....

Yeshua é Princípio da Criação de D’us

Ele é a Palavra viva de D’us e por Ele tudo o que existe, quer sejam coisas visíveis e invisíveis foram criados. Ele é o primogênito de toda a Criação. Como o próprio termo diz, “primogênito” ... “princípio” da Criação, então Ele é o primeiro a ser gerado e criado por Adonay como seu filho unigênito.
Ele é o único que conhece o Criador, o Pai como Ele é, o único que o conhece plenamente.
Ele foi feito pelo Pai como um cordeiro morto antes da fundação do Mundo, promovendo expiação plena.
Ele é junto com o Pai o Modelo para a Criação do Homem no princípio.. “nossa imagem conforme nossa semelhança”
Ele no Tempo determinado por D’us veio ao Mundo e se torna Homem e habita entre nós e exerce sua função depois de ungido com o Ruach hakódesh-Espírito Santo no meio do seu povo escolhido Israel e restaura a vida espiritual dos homens através de sua morte e ressurreição e sela tudo com sua ascensão ao Pai retornando as elevações e se assentando a direita do Todo-poderoso nas alturas celestiais, aguardando o tempo de seu retorno à Terra para governá-la.
Ele é o Rei de seu Povo Israel, descendente da tribo de Yehudáh-Judá e da casa do Rei David.
Ele é o Mashíach-Messias do seu povo Israel.
Ele é o Restaurador de todas as coisas.
Ele NÃO é ....  Deus ou um deus.
Ele NÃO é .... a segunda pessoa da Trindade.
Ele NÃO é .... um homem qualquer.
Ele NÃO é .... apenas um profeta qualquer.
Ele NÃO é ....  igual ao D’us Criador.
Ele NÃO é ....  alvo, centro da Adoração, somente o Criador O é.
Ele NÃO é .... Todo-Poderoso, Ele tem todo-poder, não O é por essência.
Ele NÃO é .... um revolucionário contra a Lei de Moisés.
Ele NÃO é .... o fundador de uma nova religião e nem trouxe uma nova Lei.

*Rúach haKódesh....

O Ruach hakódesh-Espírito Santo..

Como já diz o termo chamado “Espírito de D’us” , “Espírito de Adonay” Ele portanto NÃO é uma Terceira Pessoa da Trindade.
Ele é a essência divina que provém do próprio D’us. Portanto Ele é do próprio D’us.
Ele tem sua manifestação de sete formas diferentes, ou seja de forma plena.
Está em toda a Criação derramado como dando Vida e mantendo a Vida, e especialmente na vida dos santos que guardam os mandamentos de D’us e o Testemunho de Yeshua.

*Salvação e Perdição...

Cremos que o Homem decaiu de sua posição espiritual e cada vez mais se distanciou do Gan Éden-Paraíso e seguiu seu curso distanciando-se do seu Criador indo a perdição. Mas que o D’us Criador providenciou um resgate, uma expiação para o Homem que se realiza em seu filho Yeshua visto e preparado como um cordeiro, O Cordeiro de D’us. Através da sua execução num madeiro se tornou maldito assumindo a culpa e as maldições provenientes da quebra dos mandamentos da Toráh-Lei de D’us assim trazendo Salvação de uma vida eterna sem a presença do Criador na escuridão.

*Céus e Inferno....

Cremos na existência do chamado Inferno tal como nos mostra as escrituras. Conhecido nos termos originais como “Sheól” e “Hades” e sua forma latina de “infernus” é de fato um lugar real. Na realidade os termos variam de acordo com  a cultura de cada povo mas no geral quer dizer “região ou lugar dos mortos” para lá vão todos os que se distanciam de D’us e de seus mandamentos. Havendo obviamente uma grande diferença antes da morte de Yeshua o Messias de Israel. Antes da morte do Mashiach, todos desciam para esse lugar, conhecido como “Sheol” , justos e injustos e ao chegarem lá é que eram separados. Os justos ficavam num lugar chamado de seio de Avraham e os injustos ficavam num lugar conhecido como lugar de tormentos. Mas após a morte de Yeshua Ele mudou o lugar dos justos, ele desceu até lá e removeu o lugar e o transportou para debaixo do trono de D’us. Hoje só descem até esse lugar os que se distanciam de D’us e de seus mandamentos.
Aos céus são levados, todos os aliançados com D’us e que o amam de todo o coração e procuram guardar seus mandamentos.

*Pecado....

O pecado é tudo que fere a santidade de D’us sendo portanto a transgressão de suas leis. Se o homem busca cumprir os mandamentos de D’us em amor, ele não peca, mas se despreza os mandamentos, logo sua vida será uma vida de transgressões, ou seja, de pecado. Essa pecado gerará a morte e o distanciamento de D’us. Cremos num pecado Original tal como nos mostra as escrituras, no pecado que se originou nas regiões angelicais e aqui na Terra no Gán Éden-jardim do Éden através do Homem. Uma vez tendo pecado o homem pode fazer Teshuvá-retorno.

*Redenção....

Cremos na Redenção. Cremos que D’us providenciou essa Geulá-Redenção ainda antes da fundação do Mundo. Cremos que o Messias de Israel é essa Redenção para o seu povo Israel e para o Mundo inteiro. Ela foi decretada a aproximadamente 2000 anos atrás da morte de Yeshua de Nazaré no madeiro e nesse dia através de seu sangue derramado, D’us trouxe á todos os homem a oportunidade de arrepender-se de seus pecados e serem redimidos. Sendo portanto reconciliados com o Criador por meio de Yeshua. A Geulá-Redenção no que tange á Israel ainda não se realizou plenamente pois não foi estabelecido o Reino da casa de David, o que em breve se realizará por ocasião da Vinda do Messias Yeshua para livrar ao seu povo Israel da guerra e das nações do mundo.

*Israel e as nações....

Cremos que D’us escolheu incondicionalmente o povo de Israel. Cremos que o povo de Israel como descendentes de Avraham-Abraão, Itschák-Isaque e Yaakóv-Jacó tem promessas irrevogáveis feitas por D’us e que no seu tempo as cumprirá totalmente trazendo-lhes sua total Restauração. Cremos que as nações do Mundo receberam o chamado de D’us no monte Sinai no Chorev para receber suas Leis embora escolheram não O seguir. Mas, que novamente o Eterno D’us as chamou através de seu filho Yeshua, o Messias de Israel, dando-lhes a oportunidade de arrependimento e de herdar também o bens futuros na eternidade.

*Brít Chadasháh....

Cremos plenamente nos escritos chamados Brít Chadashá (nova aliança) conhecido como Novo Testamento. Cremos que são livros que nos relatam de forma histórica os eventos que envolveram o Messias de Israel Yeshua e seus talmidim-discípulos e o povo de Israel no período do II Templo. E que também nos trazem revelações e ensinos que refletem a Toráh, os profetas e os escritos sagrados. Sendo portanto sagrado para nós também. Sobre haver certas alterações nos escritos originais, entendemos que alterações não alteram a mensagem e nem o objetivo principal dos escritos da Brit Chadashá que é relatar e revelar o Messias Yeshua.

*Talmud e Tradição....

Cremos nos escritos rabínicos como importantíssimo para a manutenção das tradições do povo de Israel e sua união em todos os tempos e lugares. Entendemos que no Talmud há coisas boas que podemos e devemos aproveitar e até mesmo introduzir no nosso dia a dia, mas também há coisas que não devemos enxergá-las como verdadeiras e como regra de fé e prática. Temos muitas informações históricas, sócio culturais, de ética e moral do passado e que são relevantes para o nosso presente. Portanto prezamos pela Massoráh-tradição, pela Mishná-lei oral, Talmud-os comentários sobre a lei oral, e os outros..

*Dízimos e ofertas....

Cremos que o Maasser-dízimo e a Tsedaká-oferta eram elementos fundamentais para a manutenção do Templo e dos sacerdotes e levitas sendo portanto extremamente bíblico. Nós temos na Toráh as descrições das leis relacionadas aos maasserót-dízimos, tais como: Maasser rishon-primeiro dízimo que é o dízimo, Maasser shení-segundo dízimo, maasser áni-dízimo do pobre, do órfão e da viúva, o dízimo do terceiro ano e do sexto ano. Hoje não temos o Templo onde todas essas ordenanças estavam ligadas, o que devemos fazer?
Assim entendemos que permanece o princípio que andava com Avraham avínu-Abraão e Yaakóv avínu-Jacó nosso pai, que deram o maasser-dízimo sem ainda ter Lei escrita, mas que por gratidão entregaram uma dízima de tudo que tinham à D’us. Hoje canalizamos esse princípio para a assistência social e para a manutenção da Sinagoga.



............................................................................................................ Sinagoga Beit Miklát




7 comentários:

  1. Respostas
    1. se Yeshua não é Deus etão vc ta perdendo seu tempo...

      Excluir
    2. Me site uma passagem que ele Yeshua se declara divino? a Brithadasha sofreu muitas influências de outras crenças mitológicas, todavia a essência judaica e rabinica do Rabi Yeshua permaneceram...não existe nenhuma profecia que cita que Mashiach seria deus, Isaias 9 o contexto original é outro que tradução cristã passou, voltando apra britHadasha, existe muitos versículos que declaram Yeshua como ser, mestre, profeta, rei, mediador mas nunca como D´us, Shaul em sua carta os Corintios, "Temos um só Deus o pai, e um só mestre Yeshua Hamashiach" ele falar de Adonai como o único D´us e de Yeshua como o único mestre....amigo saía da caverna e vá buscar o conhecimento, Yeshua veio para nos religar a Adonai ele mesmo disse, em Isaias diz que sua ele seria luz para as nações, porém essa luz diz respeito ao seu ministério e seu testemunho, o próprio Yeshua diz em Mateus 5 que o mundo veria nossa luz através de nossas obras. Adore ao Eterno, Yeshua não quer sua adoração , ele quer que vc adore à Adonai, e que seja discipulo dele e servo Altíssimo o Santo Bendito....pense nisso, como ele sendo Deus poderia ser o primogênito da criação Colossenses 1:15? Adonai não foi criado, ele não é primeiro e nem ultimo, ele é Adonai ele é de Eternidade a Eternidade

      Excluir
  2. Admiro muito a Beit Miklát e quando posso acompanho os serviços de shabat, espero ansiosamente um núcleo em SP. Que o Eterno ilumine cada líder que se dedica a essa obra maravilhosa em nome do nosso Mashiach Yeshua!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Por que judeus reclamam tanto do cristianismo sobre idolatria e idolatram um muro?

    ResponderExcluir

Ultimos Estudos

TSEDACÁ - Um conceito judaico ...

TSEDACÁ - Um conceito judaico - צדקה                 Desde a época do Beit hamikdásh -Templo Sagrado, era visível para os judeus que ...

Curso Zayt - קורס זית

Curso Zayt  - קורס זית
Aprenda Hebraico conosco!

"Honra teu pai e tua mãe."

"Honra teu pai e tua mãe."

Postagens

Seguidores

Total de visualizações

Arquivo do blog

Assista ao Serviço

"Se eu esquecer de ti, ó Jerusalém..."

"Se eu esquecer de ti, ó Jerusalém..."

Refutação ao video - Ieshua NÃO É o Mashiach!

Refutação aos inimigos de Yeshua

Parashá - פרשה

שיעור - Sukót e suas riquezas...

Mensagem - דברי תנ"ך

Rosh Luciano/Mensagem ... דברי תנ"ך

Ele Vive..!!! הוא חי

Ele Vive..!!!   הוא חי
Yeshua o Messias ressuscitou!

Memórias ... זכרונות

אם אין אני לי מי לי
וכשאני לעצמי מה אני
ואם לא עכשו אימתי ... י

"Se eu não for por mim, quem será por mim?
Se eu for só por mim, o que sou eu?
E se não for agora, então quando?
Rabi Hilel - Pirkê Avot 1:14.

Sempre elevados na Tefilá-oração ...

Sempre elevados na Tefilá-oração ...
"Por essa razão, desde o dia em que o ouvimos, não deixamos de orar por vocês e de pedir que sejam cheios do pleno conhecimento da vontade de Deus, com toda a sabedoria e entendimento espiritual." (Colossenses 1:9)